Lisa_the_vegetarian
“Não pode fazer outro tipo de festa onde não se sirva carne?” pergunta Lisa, de apenas oito anos, ao seu pai prestes a fazer um churrasco em casa. Homer empolgado responde: “mas as pessoas normais adoram carne. Eu quero que as pessoas fiquem impressionadas. Não se conquistam amigos com salada.”

Lisa Marie Simpson começa sua jornada como vegetariana depois de visitar um zoológico e segurar no colo um carneirinho. No jantar sua mãe serve costeletas de cordeiro e a menina entra em conflito: “qual a diferença deste cordeiro daquele que me beijou?”

A pequena amarela de cabelos pontudos foi concebida por Matt Groening como uma versão feminina de Bart, a princípio, sem nenhuma característica que a destacasse dos demais personagens. A família composta por Homer, Marge, Bart, Lisa e Maggie estreou na televisão em 1987.

Batizada com o nome da irmã mais nova de Groening, Lisa se transformou na intelectual ativista em defesa de causas políticas e sociais diversas. A melhor aluna da sala, saxofonista, fã de jazz e amante da literatura tornou-se vegetariana convicta em 1995 no episódio Lisa the Vegetarian, rapidamente aprovado pelo produtor-executivo do programa David Mirkin que tinha acabado de se tornar vegetariano na época (e continua até hoje).

Na história, depois de sabotar o churrasco de seu pai, Lisa recebe ajuda de Apu, dono da loja de conveniência Kwik-E-Mart. O imigrante indiano é vegano e confessa que substituiu as salsichas de carne pelas de soja e desde que fez a troca ninguém notou a diferença.

A vegetariana iniciante também é apoiada por Paul e Linda McCartney que dizem sempre visitar Apu quando vão a Springfield. Paul ainda conta que ele e Linda defendem os direitos dos animais e “se você tocar Maybe I’m Amazed ao contrário vai escutar uma receita de sopa de lentilhas”. A versão em inglês foi dublada pelo casal que concordou em participar somente se Lisa continuasse sem comer carne até o final da série e não mudasse sua posição.

Apu, Lisa, Paul e Linda: vegetarianos

Apu, Lisa, Paul e Linda: vegetarianos

Por este – e outros episódios com a amarelinha ativista – a série ganhou o Environmental Media Awards, prêmio da EMA (Environmental Media Association). A instituição acredita que a televisão, o cinema e a música devem ser usados para conscientizar as pessoas em relação às questões ambientais. A personagem também foi incluída na lista de “Most Animal-Friendly TV Characters of All Time” da PETA (People for the Ethical Treatment of Animals).

(Por Stephanie Lourenço)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: