“Filho da puta. Você tá morrendo. É pra você fazer música e não apologia. Seu filho da puta”, gritava um homem da plateia enquanto Morrissey cantava uma das mais importantes e icônicas músicas dos The Smiths: MEAT IS MURDER (Carne é Assassinato). Anúncios